Bem-vindo a Viação Alvorada!

O Grupo

Uma História de muito TRABALHO

Trabalho, valores, excelência. Essa é a essência do Grupo Flecha Branca. Uma empresa familiar, fundada em 1973 no município de Cachoeiro de Itapemirim, começando bem pequena, fruto da unificação das empresas de ônibus que operavam na época o desorganizado transporte coletivo da cidade, eram elas: Viação Águia Branca, Viação São Cristóvão, Perim Transportes e Viação Carleto. Com a unificação das empresas, a constituição aconteceu em Março de 1974, quando Manoel Carleto, Joaquim Carlette, Jersilio Cypriano, Santo Francisco Cypriano e Carlos Roberto Cypriano fundaram juntos a Viação Flecha Branca. Em Setembro de 1975, passando então a também a fazer parte da empresa Rodolfo Cypriano.

O fim da década de 90 até os últimos anos foram marcados pela grande escalada do grupo, quando foram adquiridas novas empresas e assim, os negócios foram se expandido e se diversificando. Com sede principal em Cachoeiro, o grupo atua nos serviços de transporte coletivo urbano, distrital, intermunicipal e mais recentemente também entrou no mercado de fretamento.

O crescimento e as novas oportunidades que foram surgindo fizeram a empresa se reestruturar e se preparar para administrar um negócio de proporções cada vez maiores. Em 1999 veio o primeiro passo rumo à expansão, com a aquisição da Viação Sudeste, comprada na época do Grupo Itapemirim. A Viação Sudeste hoje mantém mais de 500 empregos diretos e garagens nas cidades de Marataizes e Piúma, litoral Sul do ES. Alguns anos se passaram e em 2006 veio a oportunidade de mais uma expansão, foi a compra da Viação Santa Luzia , realizada desta vez pela terceira geração de administradores da Viação Flecha Branca. Luciano Carlette, Eduardo Carlette, Joaquim Carlette Filho (filhos de Joaquim Carlette) e Sabrina Cypriano (filha de Jersilio Cypriano) ousam e passam a ser sócios da nova empresa.

A partir de 2007 o grupo passa a investir fortemente em inovações tecnológicas. Foi implantado em 100% da frota da Viação Flecha Branca o sistema de vídeo monitoramento, ou seja, toda a frota possui câmeras internas de segurança, inclusive nos dias atuais, são 4 em cada veículo, proporcionando muito mais segurança aos passageiros e trabalhadores do transporte. As câmeras inibem crimes no interior do coletivo, além de já terem elucidado vários casos de acidentes e ocorrências de trânsito. Um projeto pioneiro, implantado bem antes em Cachoeiro do que na própria capital Vitória, que somente instalou os equipamentos alguns anos depois.

Em 2009 foi a vez de investir no mais moderno sistema de bilhetagem eletrônica utilizado no Brasil, em parceria com a empresa Prodata, que atua em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Aracajú, Belém e muitas outras. A bilhetagem eliminou os antigos passes de papel usados no transporte urbano, substituindo as passagens por créditos eletrônicos e um cartão que foi nomeado de MELHOR. Com isso, a empresa aumentou a segurança dos passageiros, reduzindo a quantidade de dinheiro a bordo dos coletivos. Deficientes e idosos começaram a passar pela roleta, ganhando mais conforto e podendo ocupar qualquer assento no ônibus. Gratuidades passaram a ser controladas, eliminou-se o comércio ilegal de passes nas ruas, melhorou muito as condições de trabalho dos colaboradores da empresa, com rapidez no embarque, menos erros com trocos, etc.

Ainda falando em crescimento, em 2015 num ato de muita coragem e empreendedorismo, em meio ao início de uma crise financeira, a empresa adquiriu a Viação Alvorada, empresa até então com sede em Vila Velha e hoje, sob o comando do Grupo Flecha Branca, com sede em Guarapari. A Viação Alvorada opera linhas entre Vitória e Guarapari, com uma frota de 31 veículos e 130 colaboradores.

Sempre em busca de diversificar os negócios, mas nunca perdendo o foco no cuidado e na segurança de seus passageiros, o Grupo Flecha Branca vem passando pelo processo de sucessão familiar com grande êxito. Atualmente com foco na expansão comercial, o grupo oferece serviços como turismo, fretamento, tem projetos para transporte de encomendas e expansão.